Teatro em Santo André

Uma história de amor e sobrevivência no sertão. A peça: Auto do Exílio conta a história de um jovem casal que tem lindos sonhos e uma dura realidade, a seca. A peça traz a reflexão de esperança e de escolhas… porque no fundo, todos somos retirantes.

O trabalho de desenvolvimento durou três meses e é coordenado pelo diretor Paulo Macedo Santos. “O Auto do Exílio, não fala apenas da historia de Severino e Severina, fala de uma realidade que pertence a todos nós, migrantes, imigrantes, filhos e filhas destes.” diz Paulo.

A peça que terá duas apresentações neste final de semana (dia 20 as 19h e dia 21 as 11h) já é esperada no grande ABCD e também recebeu convite para ir pra fora do estado. Você não pode perder a oportunidade de ver de perto este espetáculo! Auto do Exílio estará em cartaz neste final de semana em Santo André.

Entrada Franca! Confirme sua presença no evento: Facebook.com/Events/AutoDoExílio

Segue a sinopse feita por Giovani Vicente de Aguiar:

No sertão do Nordeste, Severino luta para manter a família. A situação é difícil por aquelas bandas. O Sol forte racha a terra. A chuva é rara. Tudo parece conspirar contra o seu sofrido povo. O que será de Severino e família? Pereceram naquela terra seca?
Ao longo da História, as experiências se repetem. Sempre foi assim desde que o mundo é mundo. Poderia parte de uma história bíblica – a do patriarca Abraão – se repetir na vida de Severino? Estes e mais questionamentos serão abordados na peça: Auto do Exílio de Paulo Macedo Santos.

Ficha Técnica:

– Duração: 40 min – Gênero: Drama – Classificação: Livre

– Elenco: Guilherme Henrique da Silva – Severino

Paula Krieck Melo Dias – Severina

Victor Luiz – Vendeiro

Keite Soares – Mulher do Vendeiro

Matheus Santos e Tamara W. Musskopf – Filhos

– Texto e Direção: Paulo Macedo Santos

– Iluminação e Sonoplastia: Nícolas W. Musskopf

– Artes Gráficas: Keite Soares

– Sinopse: Giovani Vicente de Aguiar

– Apoio: IECLB – Paróquia do ABCD e Pastor Carlos Musskopf

  Keite Soares escritora do blog: Pelo Prazer de Escrever