Sentimentos que sou, Momentos que dou.

Sou fotografo sem câmera
Armazeno cenas incríveis, cor na memória, momentos indescritíveis.
Sou poeta sem pena
Digo sentimentos verdadeiros, palavras que me são roubadas ao vento.
Sou designer sem vontade
Em crise de inspiração, com falta de atenção, programação sem retorno.
Sou amante sedutor
Morrendo de saudade por estar longe de meu querido amor.
Sinto-me mal
Picos e ladeiras de humor.
Sinto-me bem
Sentimentos coloridos e desbotados com o tempo.
Ao momento me fugiu ao click…
Ao vento traiçoeiro que levou…
Ao programa que travou…
A saudade do amor…
Sinto a brisa de um novo amanhecer.
Momento de recomeçar,
Novo impulso a surgir…
Capturar. Escrever. Criar. Reviver.
Procurando completar tudo que já tentei fazer um dia.
A única vontade que tenho
É que lembres de mim,
Em vida.